Não tem realização sem disciplina


Antes de falar sobre a disciplina em si, vamos tentar estabelecer uma relação entre a disciplina e a realização de resultados. Veja se faz sentido:

  • Realização = é o fim, o resultado que se espera alcançar.

  • Produtividade = é o meio para alcançar, o que fazer.

  • Comportamento = é a forma como fazemos, é o como fazer.

Já se sabe que 80% dos nossos resultados depender dos nossos comportamentos e nossa mentalidade – a forma como pensamos e encaramos as coisas.

Dito isso, existem diversos comportamentos improdutivos que são gerados por nossa forma de pensar, seja sobre o resultado em si, sobre nossas capacidades, sobre a dimensão das possíveis dificuldades e assim por diante e um desses comportamentos improdutivos é justamente a falta de disciplina ou “força de vontade” como alguns a conhecem.


Ser indisciplinado significa que qualquer obstáculo, distração, emoção e/ou prazer imediato pode tirar a pessoa do seu foco de realização. Ou seja, impedir que se faça o que precisa ser feito.


É importante lembrar que não existe “almoço grátis”, todo resultado depende de algum movimento em direção a ele, um trabalho, uma ação com foco em sua realização e nem sempre é algo prazeroso ou fácil, algumas vezes exige uma força (de vontade), para ultrapassar a barreira do “sofrimento” e permitir que façamos o que tem que ser feito apesar das dificuldades.


Se eu quero uma promoção no meu trabalho, eu tenho que me destacar, para me destacar tenho que sair da média, para sair da média preciso me esforçar além do mediano e isso às vezes implica em alguns sacrifícios ou realizar tarefas que são mais difíceis, que exigem aprender algo novo, me ariscar em tomar decisões, assumir algumas responsabilidades a mais, só assim eu tenho chances de ser mais.

Nesse exemplo, fica claro quais são os momentos que podem causar algum incomodo, como aprende algo novo. Pode ser um idioma, um software, um método – que pode ser difícil, mas não impossível. Tem que ser feito, mesmo que seja “sofrido” para que se conquiste uma nova posição e isso é disciplina – vai exigir foco e constância. Aí o bicho pega....


Imediatismo, busca de facilidade, zona de conforto, dúvidas sobre a própria competência, dúvidas sobre a relevância do objetivo, tudo isso pode causar uma força contrária à vontade de conquistar o resultado, causando falta de disciplina.


Voltando lá no nosso contexto, se a disciplina é um comportamento gerando por uma mentalidade, não podemos esquecer o que está entre esses dois estágios, são as emoções.

A disciplina é proporcional ao autocontrole – gerenciar impulsos gerados por emoções. Quando apesar da vontade de ficar no sofá, você levanta e vai caminhar. Quando apesar do medo de errar, você se esforça para focar em fazer bem feito. Quando apesar do desejo doido de comer o marshmallow, você se segura, para comer 2 depois.


Seria certo dizer que disciplina é um conjunto de: escolha, motivo e autocontrole?

Vamos ver:

Escolha: Se vou ou não encarar a jornada para realizar um objetivo – se sim, então segue. Se não, quem sabe na próxima. Então eu escolho se vou ou não querer realizar algo, certo? Check!

Motivo: Motivação, desejo, propósito, ganho direto – é aquilo que eu vou lembrar todas as vezes que estiver “sofrendo” para me fazer continuar. Então, se eu estou certo do quanto eu quero realizar algo e como isso será bom para mim, eu sigo porque tenho motivos para isso. Check!

Autocontrole: E se me der preguiça? Faço mesmo assim, nem que for me arrastando. E se me der medo? Eu respiro e vou em frente mesmo que tremendo um pouco. E se for muito difícil? Eu estudo um pouco mais, mas vou seguir. E se aparecer algo mais fácil, mas que não vai me dar o mesmo resultado? Eu recuso apesar da facilidade, porque eu sei bem o que eu quero. Check!


E aí? Fez sentido?


Conclusão:

Sem disciplina não há realização, pois ela é o comportamento que vai te levar aos resultados que você escolheu, que tanto deseja, apesar das emoções e dificuldades que podem surgir.

Por isso você precisa estar consciente do que quer, do porquê quer e no controle de suas emoções e impulsos.


Então eu deixo aqui uma pergunta para sua reflexão, qual será a fonte da sua dificuldade de ter disciplina? Na escolha? No motivo? Ou na falta de gestão emocional? Ou quem sabe outra coisa qualquer que queira me contar, vou amar saber.

Espero que a leitura tenha sido útil.

A gente se fala no próximo texto.

Abraço

Nanda

Lembrete importante, a mentoria Master Maker está com inscrições abertas, agora só restam 12 vagas. Se você precisa identificar objetivos, desenvolver comportamentos e técnicas que te ajudem a realizar qualquer tipo de meta, essa mentoria é pra você.

Acesse, confira e inscreva


0 visualização
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram

© 2015 by Nanda Ricci.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now